CO-MEDIDA

Caminhos seguidos.
Atalhos buscados.
Tempo corrido.
Espaço contido

Atalhos seguidos
Tempo contido.
Espaço corrido.
Caminhos buscados.

Tempo buscado
Espaço seguido
Caminhos corridos
Atalhos contidos

Espaço buscado
Caminhos contidos
Atalhos corridos.
Tempo seguido.

Assim se vai
A meia-vida.

Disfarce

canções
poemas
zumbidos
emoções.

encontros
promessas
desertos
risos.

tentei
neguei
chorei
obedeci.

Na sede de ser
fiz parecer.

Nome-ação

E de repente eu tinha um nome.
Respondo,
me conheço, reconheço.
No início me espantei
será a mim que gritam?
É a mim que clamam?
Como sabiam que eu seria essa?
Combinaria comigo?
Fosse eu Vitória
teria sido outra a minha história?
E Ana,
teria vivido a fama?
Ou, quem sabe, Cacilda,
teria sido acolhida?
Nem Vitória, Ana, Cacilda…
A mim deram um nome
por quem alguém se disfarçou,
arriscou.
Ilusão.
Escolha errada.
Vivo na solidão.

Acaso

Nasci de frente pro mar
sigo as marés
altos baixos
perigo risco
barulho viração
eterno movimento
sem esperar
procuro alcançar
como as ondas
a areia
construo destruo
altero renovo
anuncio denuncio exponho.
Quem sabe
tivesse eu nascido
de frente pro lago
seria calma serena
silenciosa
a esperar alguém afoito
uma pedrinha jogar
para me mover
em círculos lentos
até suavemente sumirem
e voltar a ser parada
cercada imóvel
plana
espelho
só refletir o que está fora
esconder o que está dentro.

FANTASMA

eu escrevia
ele fugia
eu falava
ele calava
eu demandava
ele negava
eu entregava
ele recusava.

Obedeci.

Me recolhi.
Parti.

Se notou
se chorou
não vi.

MEMÓRIA

Quando o amanhã chegar
que restará
das mãos na pele
do calor no corpo
do cheiro, dos códigos
das falas, dos olhares,
dos risos, dos sonhos?
Quando o amanhã chegar
que pensamento
deste agora restará?
Do que se lembrará
quando o amanhã chegar?

AUSÊNCIA

De costas
escuta
riso
sem som
choro
sem olhos.
De costas
sente
toque
sem pele
cheiro
sem carne.
De costas
adivinha
toque sem carne
riso sem olhos
cheiro sem pele
choro sem som.
De costas
fantasia
toque
riso
cheiro.

Chora.
A música invade.
Real.