Revisado e Publicado




Foi
um final de semana dedicado ao Atalho. A chuva fez o pano de fundo do cenário. As
ideias fugiram e voltaram do espelho. A concentração oscilou entre o que
enxergava e o que acreditava.

Começou
na manhã do sábado. Finalizou na noite do domingo.

E
ali estava – Atalho – Crônicas do Dia Seguinte. Relido. Revisado. Acrescentado.

Ao
já numerado – novos foram somados.

Como
a Vida – vez ou outra é preciso reler. Eis a única forma de saber se o que foi
escrito ainda é pertinente. Ou necessário. Para que os erros mal vistos possam
ser resgatados – com consertos bem vistos.

Como
a Vida – vez ou outra é preciso decidir. Eis outra forma de saber se a validade
é proporcional à falta de realidade. E assim criar uma possibilidade de mais se
expor do que se impor.

Não
importa se as leituras mudam. Se os objetos do texto existem ou não. Toda produção
escrita se compõe de um solitário e tortuoso – relato. Assim. Como se um despudor
especial percorresse as páginas – desnudando atos e fatos.

Eis
a eterna magia da Palavra.   

Caso
queira ter em mãos – Atalho – Crônicas do Dia Seguinte – siga o seguinte
caminho:

Advertisements
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: