Archive for August 15th, 2008

A-TU-AÇÃO

Ator-doado.

Ator-mentado.

Tentar ser

para poder negar.

Tentar ter

por saber faltar.

Tentar crer

para talvez criar.

De onde fala?

Em que sorriso

em qual lágrima

se esconde

se revela?

De que lado

está a ilusão?

Ator-doado

ator-mentado

aqui se olha

ali  se vê.

Quando a cortina

impede o reflexo

a retina cruel

expõe o cenário.

De múltiplo

a solitário.

Advertisements
Advertisements